Pages

Subscribe:

quinta-feira, 23 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Juju, A Estrelinha Preguiçosa

Sempre vejo sugestões em alguns blogs e procuro adaptar a realidade dos meus alunos. Esta historinha no entanto não lembro em que blog eu vi, quem souber por favor me avise para que coloque os créditos.

A caixinha foi forrada com papel camurça amarelo e enfeitada de acordo com a imaginação. Deixe a caixa aberta, e ao contar a historia vá acrescentando e mudando os personagens. As estrelinhas, a nuvem, e o relógio foram confeccionados com isopor, pintados com tinta guache e glitter.



Juju, A Estrelinha Preguiçosa


Lá no alto do céu, as estrelinhas passavam a noite a trabalhar.
Elas iluminavam as noites em que a lua não aparecia
.

A estrelinha Juju era muito preguiçosa. Ela vivia sempre dormindo
Quando chegava a hora de acender a sua lanterninha
Juju não queria acordar.

Ela continuava a dormir e não dava atenção
ao barulhinho do relógio.

As estrelinhas chamavam,chamavam, mas ela respondia
-Espere um pouco, que eu já vou...
E continuava a dormir.
As estrelinhas chamavam de novo:
-Juju, já passa da hora!
Ela respondia:
-Só mais um pouquinho...


Então as estrelas combinaram de fazer uma supresa pra Juju.
Elas jogaram uma nuvem de chuva em cima da dorminhoca.
(nesse momento jogue papel picado em cima da estrelinha)


Foi um grande susto. Juju ficou tão molhada que acabou resfriada.
A partir deste dia,Juju era a primeira estrelinha a acender a lanterninha.
Juju compreendeu que, fazendo assim, as noites ficariam mais claras e bonitas.



As Cores e Os Dias

Essa historinha foi adaptada do blog da tia Jacirinha,
de acordo com os materiais disponíveis.
Foi utilizado cartolina, papel laminado e tinta guache.
O boneco confeccionado com tecido, deixando uma abertura
no fundo para colocar o dedo. Ao contar a história,
vá mudando as cores e usando o Bichim como
personagem principal e morador das casinhas.





O Livro: As Cores e os Dias



Oi meu nome é Bichim
Eu moro nessa casa.
A minha maça é vermelha
Minha casa podia ser amarela
como o sol


Gosto de imaginar a minha maçã
Na cor laranja
É bom de vez em quando
Mudar o gostinho da nossa casa


Ah, ia ser engraçado
Se minha maça fosse azul
Cheia de estrelas como o céu

E fica linda também
Quando está verde
Maças verdes são casas
Muito gostosas
Ncha,Nhac,Nhac...Hum que delícia!


E se por último minha maça
Fosse também violeta


Ia ser bom ter seis casas
Pra escolher
Eu ia viver
Num verdadeiro arco-iris

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O Lúdico Na Medida Certa




HISTÓRIA DO BONECO DE BORRACHA

Objetivo: adquirir consciência corporal, lateralidade e equilíbrio.


- Era uma vez um boneco de borracha que ficava de todos os jeitos com o corpo, mas não falava, não fazia barulho e mexia-se bem devagar.
- Ele gostava de passear no jardim olhando as flores coloridas, os pássaros, as borboletas e as abelhas que voavam no alto.
- De repente, veio um vento forte...Nossa! O boneco de borracha ficou torto e agora ele anda todo torto, virado só para um lado. E assim ele continuou o passeio. Ufa! O vento parou, e ele então voltou ao normal. Agora ele conseguia andar tanto para frente como para trás.
- O vento voltou de novo. Ai, ele entortou-se para frente e anda olhando para baixo. Parece até que procura alguma coisa no chão.
- Mas de repente, o vento mudou de direção e fez o boneco entortar-se para trás. Agora ele só vê o que está lá no alto: O céu, os pássaros e as borboletas.
- Finalmente o vento parou de vez. O boneco de borracha endireitou-se e continuou o passeio observando tudo que estava ao seu redor.
- Engraçado é que quando o boneco de borracha chegava perto de uma árvore ficava bem magrinho e bem comprido, do tamanho da árvore. Então o boneco andava elegante, esticado e comprido, quase alcançando o céu.
- Quando chegava perto de uma roseira e sentia o cheiro das rosas, o boneco ficava todo gordo e pesado, como um elefantinho. Para andar, até fazia um barulhão.
-Ah! O boneco de borracha estava cansado de tanto passear. Então ele deitou-se no chão para descansar e... surpresa! Ele ficou pequenininho, encolhidinho. Podia até caber numa caixa de sapato. Bem pequeno mesmo.
- De repente crescia, crescia, espalhava-se para todos os lados, crescia, crescia e crescia. Crescia tanto que ocupava um grande espaço no chão.
-Ficava pequeno de novo, pequeno, pequeno, bem pequeno e adormecia todo pequenininho.
- Até que amanheceu o sol. O boneco de borracha, que estava quietinho, foi se mexendo devagar, esticando-se para todos os lados, esticando os pés, as pernas, o tronco, os dedos, as mãos e os braços.
- Ele levantou-se e virou gente, agora sim, ele consegue conversar, falar bem baixinho, com quem está perto dele.
- Essa é a história do boneco de borracha que virou gente
.


História vivenciada pelas crianças



Objetivo: adquirir consciência corporal, lateralidade e equilíbrio.













Criação individual do boneco com massa de modelar













Brincadeira com bolhas de sabão














quinta-feira, 9 de julho de 2009

Idéias variadas (Dominó, carrinhos, boneca, biruta, cata-vento...)


Dominó



Passo-a-passo


Disponibilize 28 caixas de papelão do mesmo tamanho e solicite aos alunos que pintem da mesma cor, então devem esperá-las secar. Aude-os a confeccionar os quillings (ver boneca), entregue algumas tiras de revistas ou jornais e oriente-os a modelá-las em formato de canudo, peça que os colem, centralizadamente em uma das faces de cada caixa. Auxilie as crianças a montarem as peças do dominó, que seguirá o mesmo padrão do jogo tradicional, sendo que as quantidades serão representadas pelos quillings colados nos respectivos espaços.


Carrinho







Passo-a-passo

  1. Lixe uma caixa de sabonete, para que a tinta possa aderir melhor. Disponibilize pincéis e tintas para as crianças pintarem toda a superfície da peça. Espere secar. Com a tesoura de ponta faça dois orifícios paralelos para ambas as laterais.

  2. Faça uma abertura no centro da caixa e dobre a aba formada para fora, vincando-a.

  3. Entregue 4 círculos de color set com 3 cm de diâmetro para cada alino e oriente-os a colá-los sobre as tampas de garrafa pet. Utilize tesoura com ponta para fazer um furo no centro das tampinhas. Corte dois palitos de churrasco com 9,5 cm de comprimento cada. Introduza nos orifícios feitos na caixa, deixando sobrar cerca de 1,5 cm para ambos os lados.Passe cola e encaixe as tampas que serão os pneus.

  4. Faça uma linha horizontal e outra vertical, representando o pára-brisa. Cole circunferências de 1,5 cm na parte dianteira formando os faróis. Faça um orifício central na porção inferior, e passe um barbante de 50 cm e dê um nó na parte interna do carro. Com esse fio as crianças podem mover o carro. Recorte um retângulo de 6,5 x 1,5 cm formando o pára-choque.
Boneca




Passo-a-passo

  1. Confeccione quatro quillings auxiliando as crianças, três feitos a partir de 1/4 de página de revista e, o outro, com meia folha. Para isso, dobre cada porção de papel ao meio várias vezes, na vertical, formando uma tira com 1 cm de largura.. Ela deverá ser enrolada em formato de caracol, e a ponta fixada com cola. Disponibilize dois barbantes de 14 e 17 cm, para cada criança. Faça um nó em ambas as pontas deles.

  2. Fixe os quillings de mesmo tamanho o sentido vertical,intercalando, entre o primeiro e o segundo, um pedaço menor de barbante. Cole abaixo do último rolinho, o fio maior. Fixe uma circunferência de papel color set sobre o primeiro quilling e desenhe os olhos, boca e nariz do personagem.

  3. Para o cabelo, recorte um retângulo de 7,5 x 1 cm no papel color set, picote cerca de 2 cm em cada lateral e puxe essa área com a lâmina de uma tesoura,para que o papel enrole.

  4. Para a franja, picote a ponta de um quadrado de color set com 1 cm de lado e cole-o no centro da cabeça. Cole o quillind maior, verticalmente, dentro do carrinho, para servir como banco, depois fixe a bonequinha sobre ele.

Marionetes Dos Bichos

Galinha










Passo-a-passo

  1. Disponibilize para cada aluno, dois círculos de papel-cartão amarelo com 4,5 cm de diâmetro; um triângulo de papel color set laranja, cujas laterais maiores têm 2,5 cm e a menor 1,5 cm (bico); e um retângulo de 3 x 3,5 cm de papel color set vermelho, que deve ser recortado simbolizando a crista.

  2. No verso de um dos círculos, cole a crista e o bico. Fixe também a ponta do barbante de 10 cm, que deve ser pintado previamente com tinta guache amarela. Cole a outra circuferência de papel-cartão sobre a peça.

  3. Para fazer os pés do animal, recorte um triângulo cujas laterais maiores têm 6,5 cm e a menor 6 cm. Arredonde as extremidades e faça duas aberturas triangulares na base maior. Com uma tesoura de ponta, fure o centro de cada uma das pontas do triângulo. Repita para fazer o outro pé.

  4. Pinte a parte exterior do copo de amarelo. Faça dois orifícios paralelos próximos à extremidade aberta do recipiente, será o corpo. Recorte um retângulo de 4 x 3 cm no papel color set, disponha-o na horizontal e arredonde uma das laterais. Faça três cortes nessa porção, para originar quatro abas, e arredonde as pontas. Está pronta a cauda que deve ser fixada próxima à abertura do copinho.


  5. Perto da base do copo, a 1,5 cm de distância, faça dois furos paralelos.

  6. Disponibilize dois fios de barbante com 16 cm cada. Eles devem ser pintados com guache amarela e serão utilizados para unir os pés ao corpo da galinha. Passe uma ponta do cordão pelo orifício feito na parte pontiaguda do pé, e dê um nó, de maneira que a porção colorida do papel fique para cima. Introduza a outra ponta do barbante em um dos furos feitos perto da base do copo. Dê um nó. Repita o mesmo procedimento para a outra pata.

  7. Para fixar a cabeça, passe o fio que está preso pelo orifício que foi feito no lado oposto à cauda. Dê um nó. Pinte um círculo preto formando o olho.

  8. Disponha dois palitos em formato de cruz e amarre-os com barbante. Para prender a galinha aos palitos, faça um furo no gomo central da crista, passe um barbante por ele, e prenda-o à estrutura de madeira. Repita o procedimento para fixar a parte traseira do corpo e a dianteira de cada pé.

Cachorro












  1. Para confeccionar o corpo do cachorro, faça horizontalmente dois furos próximos ao fundo do copo, de maneira que eles fiquem a 2 cm de distância um do outro.

  2. Faça horizontalmente dois orificios próximos à extremidade aberta de outro copo, com uma distância de 2 cm entre eles, para construir a cabeça do animal. Una esse recipiente ao corpo do bichinho, passando um pedaço de barbante por entre os furos. Dê um nó. Próximo à abertura do copo referente à cabeça, faça outro furo, que será utilizado para prender a marionete.


  3. Para dar origem à perna, meça e recorte um retângulo de 8 x 5 cm no papel color set. Modele-o até que fique com o formato de um cilindro.

  4. Junte uma das pontas do cilindro, vincando ligeiramente as laterais. Com o auxílio de uma tesoura pontiaguda, abra um orifício no centro. Repita o passo anterior e este mais três vezes, para fazer as demais pernas.

  5. Em outro copo faça dois furos em laterais opostas e próximas ao fundo, mantendo uma distância de 7 cm entre eles. Abra um terceiro orifício entre esses dois. Corte um pedaço de barbante de 50 cm e introduza-o no furo central. Dê um nó na ponta que ficou para dentro do copo e reserve-o. Depois passe um fio de barbante em cada um dos furos.

  6. Coloque as pontas desses últimos barbantes que foram inseridos no corpinho e passe-as nos furos previamente feitos nas pernas. Finalize com um nó. Para fixar as pernas frontais, proceda da mesma maneira, porém, primeiro perfure o copo que foi utilizado para fazer o corpo do bichinho.

  7. Junte as duas partes do corpo unindo-as com cola de isopor ou fita adesiva tranparente. Para a cauda meça e recorte um retângulo de 8 x 1 cm no papel color set e fixe-o na parte traseira;

  8. Para as orelhas, recorte dois retângulos de 9 x 4 cm no papel color set e, arredonde uma das laterais menores de cada um deles.

  9. No orifício feito anteriormente na parte superior da cabeça, passe um pedaço de barbante de 40 cm e prenda-o em uma das pontas de um palito de churrasco. Na outra extremidade do palito, amarre o fio de barbante com 50 cm que foi previamente fixado (passo 5). Cole as orelhas e auxilie os alunos a desenhar o focinho e os olhos do cachorro.

Arco para bolinhas de sabão







Passo-a-passo


  1. disponha a garrafa pet na horozontal, meça 2 cm a partir do gargalo e corte-a. Use somente a porção menor. Enrole um pedaço de arame de 12 cm ao redor do gargalo e torça o restante com o auxílio do alicate, formando um cabo. Na ponta, faça uma pequena argola, para não machucar as crianças.

  2. Corte uma tira de TNT de 10 cm de comprimento e cole-a no arame, como forma de proteção. Faça um aro para cada criança.

Biruta






Passo-a-passo

  1. Corte duas garrafas pet, deixando a parte dos gargalos com 8 cm cada. Reserve a parte que sobrou de uma delas e corte a outra a partir da base, deixando-a com 9 cm de altura.

  2. Recorte duas tiras de TNT de 1,5 cm de largura e fixe-as na borda das partes de garrafa que estão com o gargalo.

  3. Faça um orifício no centro de uma tampa de garrafa plástica. Corte um pedaço de arame de 6 cm e, com o alicate, faça uma pequena argola na ponta. Passe o arame pelo furo feito anteriormente e encaixe um dos lados do palito de churrasco na argola feita.

  4. Com a auxílio do alicate, enrole a ponta do arame para dentro da tampa.

  5. Pegue a outra tampa da garrafae faça o mesmo procedimento. Prenda-a na outra ponta do palito de churrasco em posição contrária. Corte mais um pedaço de arame de 6 cm e prenda-o no centro do palito, fazendo uma pequena argola na ponta.

  6. Faça um orifício no centro de outra tampinha e passe o arame por dentro dele. Pegue a garrafa maior, faça um orifício no centro da base e passe por ela o mesmo pedaço de arame. Fixe a tampa de garrafa com cola quente.

  7. Corte uma tira de 25 x 4 cm de papel color set na cor verde, de maneira a simbolizar a grama. Faça o mesmo procedimento com color set verde-claro, na medida de 25 x 2 cm. Cole duas faixas na parte inferior do fundo da garrafa que sobrou, sobrepondo-as. Coloque dentro desta parte um porção de pedrinhas coloridas, para que ela tenha peso.

  8. Faça três flores em papel color set de diversas tonalidades e cole-as na garrafa maior. Encaixe a abertura dela na garrafa que contém a grama.

  9. Como enfeite, desenhe e recorte uma borboleta no papel color set e decore-a com tinta plástica. Cole-a no centro do palito de churrasco sobre o arame.

  10. Por fim, encaixe as duas partes que contém os gargalos das garrafas nas tampas que estão no palito do churrasco.
Cata-Vento







O Ar (O Vento)

Composição: Vinicius de Moraes, Toquinha e Bacalov


Estou vivo mas não tenho corpo

Por isso é que eu não tenho forma

Peso eu também não tenho

Não tenho cor
Quando sou fraco

Me chamo brisa

E se assobio

Isso é comum

Quando sou forte

Me chamam vento

Quando sou cheiro

Me chamam pum!



Cata-Vento

Passo-a-passo

  1. Disponha uma garrafa pet na horizontal e meça, a partir da base, 12 cm de altura. Corte-a nesse ponto e utilize somente a parte que contém o fundo. Nela, faça cortes verticais de 8 cm, deixando uma distância de ,aproximadamente, 7 cm entre eles. Dobre as aberturas para fora e vinque-as, formando 5 abas.

  2. Corte na diagonal, somente o lado direito de cada aba. Repita o mesmo procedimento em todas elas.

  3. Enrole as pontas formadas para dentro, deixando-as com forma de triângulos.

  4. Decore as abas da garrafa pet com linhas verticais e horizontais feitas com tintas plásticas.

  5. Faça uma circunferência de 9cm de diâmetro no papel cartão. Recorte-a e desenhe os olhos e a boca. Faça um orifício no centro com a tesoura de ponta.

  6. Corte um pedaço de arame de 12 cm, e com o auxílio do alicate, enrole uma das pontas por duas vezes.

  7. Coloque a ponta do arame que foi enrolada no orifício feito anteriormente no papel-cartão. Ela simboliza o nariz. Fixe-o com cola quente. Faça um orifício no centro da tampa de uma garrafa. Depois passe por ele o mesmo arame que está fixado ao rosto de forma que a parte fique para fora.

  8. Faça um orifício no centro da base do cata-vento e passe o arame por esta abertura.

  9. Na parte de trás passe o tubo de caneta por dentro do arame.

  10. Recorte um retângulo de 9 x 5,5 cm em outra garrafa pet. Arredonde as laterais, para formar uma folha e, em uma das pontas, faça uma pequena abertura central. Decore-a com cola colorida. Prenda a folha em um palito de churrasco. Fixe-a com cola quente na base do palito.

  11. Enrole o arame na parte superior do palito de churrasco para fixar a haste do cata-vento.

  12. Meça 9 cm a partir da base da garrafa que estava separada e recorte-a. Cole uma tira de papel color set de 2 cm de largura na borda superior, para formar o vaso. Coloque a flor dentro e encha-o de areia.
Bicho Esquisito





Bicho Esquisito

Bicho esquisito
igual nunca vi
Não é cuca
Não é boto
Muito menos um saci
Boitatá também não é
Nem Iara
ou Curupira
com certeza não entrou
Na Arca de Noé
Nem mesmo se parece
Com o terrível
Bicho de Pé
Acho que descobri
O segredo
Já não estou com medo
E não terei
Nunca mais
O Bicho, vou
Lhe ensinar
Como se faz


Passo-a-passo


  1. Meça e recorte um retângulo de 23 x 25 na cartolina. Disponha na vertical e dobre-o ao meio, de baixo para cima. Peça às crianças para colocar um dos pés rente ao vinco e fazer com o lápis, o contorno. Em seguida auxilie-as a desenhar os olhos, o nariz e a boca, para formar o rosto a ser representado na máscara.

  2. Oriente os alunos a abrir a cartolina e a passar vários tons de tinta guache, sem misturá-lo com água em uma das partes. Depois peça a eles que dobrem ao meio a folha e deslizem as mãos, de forma a decalcá-la, para que as cores fiquem dos dois lados. Em seguida, devem abrir e guardas a secagem.

  3. Auxilie as crianças a recortar o molde. Com o furador, faça um orifício de cada lado da máscara, na altura das orelhas, e amarre um elástico, para que os pequenos possam prendê-la à cabeça.

Fonte: Projetos Escolares Educação Infantil Coleção Especial
OBRIGADO PELA SUA VISITA VOLTE SEMPRE...DESIGN DO BLOG:Leonardo Araújo Guedes-Dom de Educar